FST firma convênio com a escola de magistratura

Com proposta de ser uma instituição de ensino premium, a Faculdade Santa Teresa assinou, nesta terça-feira (9), um termo de cooperação técnica, jurídico-científica e pedagógica com a Escola Superior de Magistratura do Amazonas. O documento foi formalizado na sede da Esmam pelo seu diretor, desembargador Flávio Pascarelli Lopes, e a mantenedora da FST, Dra. Maria do Carmo Seffair Lins de Albuquerque.

“Trata-se de um convênio guarda-chuva, que vai abarcar inúmeros projetos de graduação, pós-graduação, jornadas e pesquisas. Além disso, a FST irá compartilhar com a Esmam desde biblioteca até acervos online, além de eventos com grandes nomes em âmbito nacional, o que é de extrema importância para a formação dos nossos alunos”, explica a professora e coordenadora do curso de Direito, Lúcia Viana.

A diretora da FST, professora Amanda Estald, ressalta a importância do convênio pelo estreitamento que ele faz entre os alunos e o mercado. “Vai haver um estreitamento de laços, e os alunos poderão conviver com grandes expoentes do Direito, tendo acesso direto à realidade do mercado de trabalho em que irão atuar”.

Já a mantenedora da instituição, Dra. Maria do Carmo Seffair Lins de Albuquerque, enfatiza a importância do convênio pela promoção que o mesmo representa ao desenvolvimento e consciência política dos estudantes de Direito. “Esse é mais um passo dentro da nossa proposta pedagógica de oferecer um ensino realmente premium aos nossos alunos, mas continuamos trabalhando em outros projetos e para o próximo ano teremos mais novidades”, adianta.

O desembargador Flávio Pascarelli enaltece o convênio no sentido de que ele aproxima a academia da magistratura, especialmente pela proposta da FST em formar pensadores e líderes. “Entendo que, desde os primeiros anos de estudo, o aluno de Direito já precisa ter contato com os melhores professores. A FST tem uma proposta inovadora nesse sentido e nós queremos fazer parte desse processo, pois o ensino jurídico no Amazonas precisa melhorar e melhorar muito”.

Também estiveram presentes à assinatura do convênio o professor de Direito da FST Rodrigo Bastos e a ministra do Superior Tribunal Militar Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, que logo em seguira proferiu palestra na Esmam sobre direito das mulheres nos 30 anos da Constituição Brasileira.