Pesquisa

A pesquisa e as suas formas de operacionalização

OBJETIVOS DA PRÁTICA DE PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

  • Contribuir com a formação de recursos humanos para a pesquisa e para o desenvolvimento tecnológico;
  • Propiciar ao graduando o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes na organização e desenvolvimento de atividades de pesquisa científica e inovação tecnológica;
  • Possibilitar o desenvolvimento crítico-reflexivo dos graduandos através do acesso à iniciação à metodologia científica;
  • Estimular o corpo docente ao exercício da atividade científica e da orientação acadêmica;
  • Incentivar a interação entre docentes e discentes nas atividades de pesquisa para a qualificação de resultados, criação de grupos de pesquisa e de grupos de estudos interdisciplinares;
  • Buscar caminhos para a publicação e veiculação da produção científica, alicerçando o compromisso institucional no desempenho na produção da prática científica e tecnológica.

 

1.1  METAS INSTITUCIONAIS DA POLÍTICA DE PESQUISA

META 01 Promover a valorização das práticas de pesquisa nos cursos de graduação oferecidos pela FACULDADE SANTA TERESA;
META 02 Apoiar e estimular os cursos da IES na consolidação de uma política de pesquisa para a iniciação científica e inovação tecnológica;
META 03 Orientar no cumprimento da razão integradora de fomentar ensino, pesquisa e extensão;
META 04 Apresentar caminhos e condições para o incentivo e ampliação da produção científica do corpo docente e discente da IES.

 

1.2 LINHAS DE PESQUISA

Área de Conhecimento:
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS – PEDAGOGIA

Grupo de Pesquisa:
Educação na Amazônia

Linhas de Pesquisa:
1- Educação, Cultura e Meio Ambiente na Amazônia
2-Saúde Mental e Expressão Cultural
3- Responsabilidade Civil e Penal pelo Aquecimento Global

CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS – ADMINISTRAÇÃO

Grupo de Pesquisa:
Gestão Organizacional no Contexto Amazônico

Linhas de Pesquisa:
1- Empreendedorismo e Gestão Contábil na Região Amazônica
2- Ecoturismo e Gerenciamento na Região Amazônica
3- Sociedade, Sustentabilidade e Responsabilidade Social

 

1.3 PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS, DE ACOMPANHAMENTO E DE AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Para os fins de cumprimento da proposta de Projetos de Pesquisa Científica e Inovação Tecnológica a Diretoria Geral oferecerá política de incentivo com certificado de horas complementares e auxilio à divulgação e publicação dos resultados obtidos.

 

Das competências da Comissão de Pesquisa Científica

}  A comissão é composta pelos docentes com titulação de mestre e doutor, sendo um docente de cada área de conhecimento. Também poderão participar professores especialistas como co-orientadores;
}  Os projetos de pesquisa serão avaliados pelo NDE sob os critérios de: relevância científica, inovação tecnológica ou educacional;
}  Para cada projeto deverá constar, a apresentação inicial de projeto de pesquisa e de relatório final da pesquisa, com duração de 1 ano para cada proposição, com possibilidade de renovação por mais 1 ano;
}  Elaborar calendário para submissão de projetos de pesquisa dos professores orientadores;
}  Aprovar ingresso de alunos no programa;
}  Coordenar, monitorar e avaliar os Projetos de Pesquisa Científica e inovação tecnológica;
}  Coordenar a apresentação de resultados dos trabalhos na Semana Acadêmica de cada curso da FACULDADE SANTA TERESA;
}  Avaliar a continuidade dos discentes no projeto de pesquisa, mediante indicação e bom desempenho destes discentes pelos professores-orientadores;
}  Comunicar e manter rigoroso controle das informações junto à Diretoria Geral para liberação ou cancelamento da política de incentivo.

 

Das atribuições do discente participante

}  Participar da elaboração, da proposta. Executar do plano de trabalho do discente vinculado ao projeto de pesquisa do orientador, em conformidade com o cronograma presente. A entrega do plano junto ao NDE deverá ser feita até 15 (quinze) dias após a divulgação dos alunos selecionados no edital vigente;
}  Entrega do Termo de Compromisso do aluno, devidamente preenchido e assinado, juntamente com o plano de trabalho;
}  Realizar leituras de textos científicos relacionados ao tema do projeto de pesquisa, coletas de dados, organização do banco de dados e sistematização das informações coletadas, participando da análise dos mesmos;
}  Fazer visitas técnicas, participação de congressos e viagens de estudo relacionadas com o projeto de pesquisa, quando for o caso, por designação do responsável pelo projeto;
}  Participar, obrigatoriamente, do Encontro Científico da Faculdade Santa Teresa Semana Acadêmica do curso a que pertence;
}  Elaborar textos, resenhas e artigos, sob orientação do professor orientador;
}  Desenvolver todas as tarefas a ele atribuídas no plano de trabalho do bolsista;
}  Entregar relatórios semestrais de atividades no Projeto de Pesquisa Científica.

 

Das Atribuições do Professor-Orientador

}  Redigir a proposta de pesquisa e submetê-la ao NDE, que avaliará o projeto do professor;
}  Entregar à Comissão de Pesquisa Científica e Inovação Tecnológica, o Termo de Compromisso do professor devidamente preenchido, dentro de 04 (quatro) dias úteis, a contar da data em que lhe for comunicada a seleção de seu projeto;
}  Planejar e redigir, juntamente com o discente, o plano de trabalho a ser desenvolvido pelo discente dentro do projeto de pesquisa;
}  Monitorar, semanalmente, o trabalho do aluno de pesquisa científica e/ou inovação tecnológica, incentivando-o a participar das atividades acadêmicas e de pesquisa;
}  Orientar o discente nas distintas fases do plano de trabalho a ser desenvolvido, no âmbito do respectivo projeto, incluindo:
a) Elaboração de relatórios semestrais;
b) Elaboração de instrumentos para apresentação na semana acadêmica, em seminários anuais de iniciação científica, congressos e demais reuniões científicas;
} Informar ao NDE qualquer fato, sugestão ou irregularidades relacionadas às atividades do discente no projeto de Pesquisa Científica e/ou inovação tecnológica;
} Estimular a participação do discente em apresentações orais na semana acadêmica, congressos e demais reuniões científicas;
} Apresentar relatório semestral do projeto e de avaliação do discente, seguindo calendário estabelecido pela Comissão de Pesquisa Científica.

 

Da Apresentação de Relatórios e publicação dos resultados

}  Os relatórios semestrais de atividades do discente bolsista, após endosso do professor orientador, serão encaminhados à Comissão de Pesquisa Científica e Inovação Tecnológica, para o devido acompanhamento e avaliação;
}  Os relatórios semestrais deverão ser confeccionados de acordo com as normas de apresentação de trabalhos acadêmicos seguindo o modelo disponível no site da Faculdade Santa Tereza/Pesquisa;
}  A apresentação de trabalhos em eventos científicos, bem como a sua publicação, resultantes de atividades desenvolvidas pelo discente em projetos de pesquisa científica e/ou inovação tecnológica, dependerá de prévia manifestação favorável do professor-orientador;
}  Nas publicações e trabalhos apresentados em eventos, fazer referência ao vínculo do professor-orientador e discente de participante da pesquisa científica e/ou inovação tecnológica com a FACULDADE SANTA TERESA;

 

Dos Critérios para a inserção em Projeto de Iniciação Científica

Relativo às Linhas de Pesquisa – serão aprovados projetos com temas relacionados às diferentes áreas referenciadas dos cursos de graduação e de tecnologia da FACULDADE SANTA TERESA, bem como projetos de ordem interdisciplinar e envolvendo temas intercursos.

 

Relativo aos professores-orientadores

Serão incorporados os professores que atenderem os seguintes quesitos:
a) Ser professor da FACULDADE SANTA TERESA;
b) Ter a titulação de mestre ou doutor;
c) Professores especialistas poderão participar como co-orientadores;
d) Ter disponibilidade para dedicação de 02 (duas) horas semanais para cada grupo de 01 (um) a 03 (três) discentes quanto ao desenvolvimento e orientação de seus projetos de iniciação científica;
d) Cada professor-orientador poderá ter no máximo 5 (cinco) alunos orientados , com dedicação de 04 (quatro) horas semanais ao grupo;
f) Ter currículo Lattes atualizado na Plataforma Lattes do CNPq;
g) Ter produção científica ou tecnológica nos últimos três anos, divulgada nos principais veículos de comunicação da área;
h) Não possuir pendências junto à faculdade e com a Comissão de Pesquisa Científica e Inovação Tecnológica, como, por exemplo, projetos não concluídos nos prazos estabelecidos, relatórios ou quaisquer documentos solicitados não entregues.

 

Sobre Critérios para a avaliação do Professor-orientador e do Projeto de Pesquisa

}  Titulação;
}  Qualidade e regularidade da produção científica/tecnológica em veículos relevantes da área do conhecimento nos últimos 03 anos;
}  Relevância, mérito técnico-científico e originalidade do projeto proposto para o desenvolvimento científico, tecnológico e/ou inovação;
}  Viabilidade técnica e econômica de desenvolvimento na Instituição;
}  O projeto deverá contemplar atividades planejadas a serem desenvolvidas pelo prazo máximo de 1 (um) ano;
}  Interesse institucional no projeto de pesquisa.

 

Sobre a duração do projeto de pesquisa

A duração mínima será de 12 (doze) meses e máxima de 24 (vinte e quatro) meses, podendo ser autorizada pela Comissão de Iniciação Científica, mediante avaliação dos relatórios apresentados e justificativa pelo atraso no cronograma do projeto, um acréscimo suplementar de tempo de execução de 3 (três) meses para conclusão final.

 

Sobre a conclusão do Projeto de Iniciação Científica

Concluído o Projeto de Pesquisa e apresentados todos os relatórios semestrais dos alunos e dos professores orientadores, o professor-orientador encaminhará relatório final discente com parecer do orientador à Comissão de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica, que dará baixa no projeto, encerrando-o e comunicando aos setores pertinentes o encerramento da política de incentivo ao discente e ao professor, quando for o caso.

 

Sobre o desligamento de participação no Projeto de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica

O professor-orientador poderá ser desligado do Programa a qualquer tempo, por ato do NDE da FACULDADE SANTA TERESA, nos seguintes casos:
a) Quando vier a se desligar da Instituição;
b) Por solicitação do próprio professor, por escrito e com justificativa;
Obs.: Nesse caso o aluno poderá solicitar a integração em outro projeto vigente, no prazo de 15 (quinze) dias contados a partir da data de desligamento do orientador, se for possível sua incorporação em outro projeto escolhido. Caso não seja possível esta incorporação ou não seja feita a opção no prazo previsto, o aluno estará automaticamente desligado, perdendo o direito à política de incentivo, quando se aplicar;

 

Relativos aos Discentes

Sobre a participação/inserção nos projetos de iniciação científica e/ou inovação tecnológica, os discentes devem preencher os seguintes requisitos:
a) Ser aluno regular e matriculado em um dos cursos de graduação da FACULDADE SANTA TERESA, a partir do 3º período do curso;
b) Ter disponibilidade para dedicação de 6 (seis) horas semanais ao desenvolvimento do plano de trabalho de iniciação científica e/ou inovação tecnológica apresentado;
c) Ter rendimento acadêmico com média geral nos períodos já cursados, igual ou superior a 7,0 (sete);
d) Não estar cursando nenhuma dependência no período de sua inscrição no projeto;
e) Não apresentar mais nenhuma reprovação nas disciplinas cursadas nos períodos anteriores à sua inscrição;
f) Na vigência do Projeto de Iniciação Científica e/ou inovação tecnológica, o aluno ficará vinculado, sob a orientação e responsabilidade do professor-orientador;
g) No caso de renovação, não ter nenhuma reprovação em qualquer disciplina do curso durante a sua participação no Projeto de Iniciação Científica e/ou inovação tecnológica.

 

Sobre a oferta de vagas

}  Será de responsabilidade da Diretoria Geral a determinação da quantidade de vagas/bolsas oferecidas. Compete ao NDE a divulgação em edital específico das vagas/bolsas como política de incentivo;
}  Cada bolsa ofertada é individual ao aluno proponente do projeto, do convênio FACULDADE SANTA TERESA-CNPq;
}  A vigência da bolsa será de 1 (um) ano, podendo ser renovada conforme manifestação do orientador e do discente e avaliação da comissão de pesquisa científica e inovação tecnológica;
}  No caso do número de alunos inscritos excederem a quantidade de bolsas ofertadas, será feita uma classificação dos discentes pela Comissão de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica, seguindo os critérios estabelecidos de avaliação da relevância do projeto ou da inovação, e do histórico escolar, a fim de determinar quais alunos receberão a bolsa e quais ficarão vinculados ao Projeto de Iniciação Científica e/ou Inovação Tecnológica como voluntários;
}  O aluno classificado como voluntário deverá cumprir as mesmas definições,  dadas ao discente bolsista, caso contrário, será desligado do programa.

 

Sobre os Critérios para cancelamento da Bolsa de Incentivo do discente

O cancelamento da bolsa é permitido a qualquer momento e deve ser imediatamente comunicado à Comissão de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica, em função de um dos seguintes motivos:
}  desempenho insuficiente;
}  desistência do curso;
}  desistência da bolsa a pedido do aluno (que deverá se enquadrar nas regras pertinentes);
}  trancamento de matrícula (que deverá se enquadrar nas regras pertinentes);
}  não atende aos critérios/requisitos exigidos;
}  outros, justificar.

 

Vigência e renovação do vínculo do aluno

}  As bolsas de incentivo do  terão vigência de 1 (um) ano, com possibilidade de renovação por mais 1 (um) ano;
}  Admite-se apenas uma renovações, perfazendo entre o ingresso e as renovações, 4 semestres de vínculo ao , desde que o aluno apresente bom desempenho no seu plano de trabalho e bom rendimento acadêmico;
}  A renovação não é automática e o docente deve fazer uma nova solicitação ao final do primeiro ano de vigência do projeto, respeitando o período de inscrição, e o discente deve apresentar novo plano de trabalho a cada renovação, atendendo todos os requisitos desta norma. Contudo, haverá preferência para a renovação se o projeto anterior apresentar resultados satisfatórios, não sendo dispensada a obrigatoriedade da apresentação da documentação exigida para solicitação de bolsa.

 

Sobre o prazo de inscrição, período de seleção e divulgação dos resultados para obtenção de bolsa

}  Período de inscrição no processo de seleção de bolsas de iniciação científica e inovação tecnologica são fixados semestralmente pelo NDE e divulgado por edital;
}  O período de seleção dos candidatos à bolsa compreenderá os 15 dias imediatamente posteriores ao último dia do prazo de inscrição;
}  A divulgação dos resultados de classificação será feita, no máximo, 20 dias após o último dia do prazo de inscrição.

 

Sobre a Documentação necessária para a inscrição para a obtenção de bolsa de incentivo à iniciação científica e inovação tecnológica

O discente candidato à bolsa deverá apresentar sua inscrição no Projeto de     Iniciação Científica e Inovação Tecnológica com a seguinte documentação:
a) Formulário de inscrição devidamente preenchido;
b) Declaração de disponibilidade do aluno no cumprimento da carga horária semanal (parte integrante do formulário de inscrição);
c) Histórico Escolar do aluno (será solicitado pelo NDE diretamente à Secretaria);
d) Atestado de matrícula no semestre em questão, solicitado pelo discente na SECAD (Secretaria Acadêmica) da Faculdade Santa Teresa.
– No formulário de inscrição deverá manifestar sua intenção de concorrer à uma bolsa de iniciação científica e/ou inovação tecnológica.

 

Sobre o Desligamento no Projeto de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica 

O discente participante poderá ser desligado do Projeto a qualquer tempo, por ato do NDE da Faculdade Santa Tereza, de acordo com os casos elencados:
I – quando vier a sofrer pena disciplinar;
II – por proposta do professor-orientador, coordenador da Iniciação Científica e Inovação Tecnológica;
III – por solicitação do próprio aluno.
§1o – Quando ocorrer o desligamento por proposta na forma do item II caberá recurso ao aluno no prazo de 2(dois) dias úteis a partir da data de comunicação oficial de seu desligamento. Neste caso o NDE terá 2 (dois) dias úteis para comunicar o deferimento ou indeferimento do recurso.

 

Sobre a substituição de discentes participantes do Projeto de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica

– O discente participante dentro de um projeto de iniciação científica e/ou inovação tecnológica poderá ser substituído quando desligado do programa;
– O novo candidato deve fazer sua inscrição regular no Projeto de Iniciação Científica e/ou Inovação Tecnológica;
– No caso de aluno bolsista, o orientador terá prazo de 15 dias contados a partir do desligamento do aluno para apresentar outro candidato à bolsa, do contrário a bolsa será cancelada.

 

Alunos participantes sem concessão de bolsas

Poderão participar como voluntários de Projetos de Pesquisa da Faculdade Santa Teresa, alunos inscritos no  que não tenham sido classificados à bolsa, ou que optem por se inscrever sem concorrer às bolsas, marcando esta opção no formulário de inscrição. Desta forma o aluno estará vinculado ao Projeto de Iniciação Científica, sujeito à todas as normas destas diretrizes, exceto àquelas normas referentes à concessão de bolsa.

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt