Carreira jurídica tem alta demanda no Amazonas

 em artigos

Para quem se interessa em ingressar na carreira jurídica, o que não falta são oportunidades no Amazonas, principalmente no interior. Segundo o advogado e professor da Faculdade Santa Teresa, Helso do Carmo Filho, a demanda é grande e, em especial, por profissionais especializados em determinadas áreas de atuação. “Só para se ter uma ideia, dos 62 municípios amazonenses, no máximo três possuem o quadro completo de procuradores municipais”, revela.

Já para os profissionais que desejam trabalhar em escritório próprio, atendendo clientes, o interior também promete oportunidades. “Como a maior concentração de advogados está em Manaus, na maioria das vezes, esses profissionais é que precisam se deslocar até os municípios do interior para que a população seja atendida”, comenta Filho.

Para o professor da Faculdade Santa Teresa, as oportunidades do mercado estão sempre atreladas ao desenvolvimento econômico e social do estado, o que aquece a demanda de profissionais também em segmentos específicos. “No Polo Industrial de Manaus (PIM), por exemplo, onde existem 600 empresas, muitas delas internacionais, há carência de advogados especializados em Direito Internacional”, destacou o professor.

A atuação do bacharel em Direito é imensa, incluindo a consultoria jurídica para instituições públicas e privadas, com o profissional atuando em casos relacionados a temas mais atuais, como Direito Eletrônico, Direito Educacional, Direito Homoafetivo, fusões e aquisições de empresas, regulação de mercados, entre outros. Dependendo da função e empresa ou órgão, o salário de um egresso do curso de Direito varia de R$ 3 mil a R$ 20 mil, em média.

Seja em seu próprio escritório, concurso público ou referência em sua área de atuação, é essencial que o profissional continue capacitando-se, participando de eventos da categoria e fazendo networking para manter-se atualizado no mercado de trabalho, disse ele.

Formação profissional

Na Faculdade Santa Teresa, o inovador Projeto Político Pedagógico (PPP) do bacharel em Direito tem papel fundamental na formação dos futuros advogados. A coordenadora do curso, a professora e doutora Lúcia Viana, explica que é um PPP que se destaca, entre as grades curriculares oferecidas pelas outras instituições. “A faculdade oferece uma estrutura curricular premium, com inúmeros diferenciais”, explica.

O projeto se propõe a levar aos alunos tudo o que está sendo debatido na atualidade. “Discutimos Direito Ambiental, seguridade social, direito à informática e, agora, a pandemia nos colocou em um cenário que nos trouxe à tona o direito à saúde”, explica a coordenadora do curso.

Ainda no primeiro período, o aluno é incentivado a refletir sobre teorias do Direito e escolas filosóficas, além de estudar a História do Direito. Em seguida, Direito Civil, Direito Penal e Direitos Processuais passam a fazer parte da rotina de estudos. Mais tarde, Direito do Trabalho, Direito Tributário e Direito do Consumidor.

“Desde o primeiro período, preparamos o aluno para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e para exercer qualquer uma das opções que a carreira jurídica oferece”, acrescenta a professora Lúcia. De acordo com ela, todo o conteúdo é aliando teoria à prática, através de técnicas pedagógicas que desenvolvem a oralidade, pensamento crítico e iniciação científica, através de debate, estudo de caso, produção de artigos e pesquisas.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt